Keila Abeid | Muito Prazer

Estudar ou fazer música?

Eu falo muito sobre estudos. Especialmente sobre estudos de música. estudar realmente pra mim é um prazer, mas isso é porque eu entendo o estudar como fazer música. Cada vez que aprimoro alguma ferramenta, alguma habilidade, eu entendo que o meu fazer música está aprimorado. Entendo que minha criatividade está sendo facilitada pois tenho mais uma ferramenta.

Porém entendo que nem com todo mundo é assim. Sei que a palavra estudar, pode remeter muitas vezes a desenvolver uma atividade que não tenho muito interesse, e pode trazer algum peso, já que desde sempre somos expostos a assuntos que nem sempre vão de encontro a nossas aptidões, mas temos que estudar mesmo assim. E isso faz parte da vida. 

Mas na música não tem que ser assim. Porque estudar música é desenvolver uma habilidade para fazer arte, e se o foco não for ser artista, ou profissional da música, a música pode ser um grande bálsamo dentro do dia a dia corrido de pessoas que escolheram a ter como hobby. 

E assim, pra cada uma das escolhas, precisamos estudar, se não é só um objetivo distante que nunca toma forma. Por isso a minha proposta é que ao invés de dizer eu vou estudar canto ou eu vou estudar um instrumento você comece a dizer eu vou fazer música! 

Não importa a complexidade da peça ou da canção que você escolheu, das primeiras notas até a execução da obra completa, você já está no caminho de fazer música, você já está produzindo o som. O refinamento da sua performance vem com o objetivo e foco da sua prática. No tempo que você determinar.

Por isso, todos os dias: façamos música!

comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *