Keila Abeid | Muito Prazer

Não faço listas, não gosto.

Não faço lidownloadstas. Não gosto. Elas são necessárias, mas não faço. Pra falar a verdade não gosto nem de fazer lista de supermercado, mas mais uma vez digo, são necessárias.

Todo mundo faz lista de metas a serem alcançadas a cada ano que se inicia. Mas eu não gosto de fazer listas..eu já disse isso?

Porém, contudo, todavia (aprendi a falar as conjunções nessa ordem, e as uso dessa maneira toda vez, quase como se fosse uma lista) farei a lista explicada de metas de ano novo.

Mas agora? Sim agora, porque é quando o ano começa. É certo que estou trabalhando desde janeiro, mas pras coisas pouco importantes como listas, o ano pode começar só agora.

Veja bem, apesar de não gostar de fazer listas, compreendo a importância delas no quesito logística da vida, por serem uma forma simples de texto, auxiliam na memorização de tarefas a serem cumpridas, itens a serem adquiridos, metas a serem alcançadas entre tantas outras coisas que para enumera-las teria de fazer uma lista, e como já é de conhecimento comum, não faço listas, não gosto.

Pensei, contudo, num padrão de itens a serem compartilhados para que a minha lista de metas  não se torne um texto enfadonho para os que se interessem em saber sobre a lista…daí pensei : Mas quem se interessaria em saber qual é a minha lista de metas?

Baseada nessa dúvida que surgiu na criação da minha lista, resolvi não fazer a lista de metas de ano novo. Não faço listas. Não gosto.

comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *