Keila Abeid | Muito Prazer

Sobre sonhos…

IMG_2139Quem me conhece de perto, mas muito de perto, sabe que eu sou uma pessoa difícil de sair de casa. Dessas que recusa quase tudo. Não sei bem porque. Pode ser preguiça, insegurança ou falta de dinheiro. Se eu for falar da parte psicológica vou gastar um texto inteiro. Deixemos pra lá.

A verdade é que chegamos ao meio do ano de 2017, e apesar da bagunça que está tudo, pessoalmente tem sido incrível. Como eu ia dizendo, eu tenho dificuldade de planejar viagens e a primeira experiencia que tive de planejar algo e sair de casa, sozinha, foi bem tardia e foi pro Rio de Janeiro. Desde então tenho visitado o Rio algumas vezes, mais um pouco ele vira minha casa. Esse ano foi diferente. A viagem não foi sozinha, mas foi um pouco mais longe.

Eu sempre tive o sonho de ir pros Estados Unidos. Desde pequena, aprendi a falar inglês sozinha só pelo prazer de falar. Adorava a cultura, acabei virando professora de inglês por conta disso, mas nunca tinha pisado o pé fora da minha terrinha tupiniquim. 2017 foi o ano.

Pode parecer uma bobagem pra muita gente, pois sei que viajar é uma coisa bem mais natural pra uma porção de gente. Pra mim não, é sempre uma parte de mim que se liberta em fazer essas coisas que são fora da minha rotina.

Enfim, juntei um dinheiro, fui atrás do visto (que é uma aventura a parte que nos dá grandes emoções) e fui realizar meu sonho. Foi pesado de grana, foi suado pra caramba, mas foi espetacular! É um sentimento incrível este de estar onde se sonhou e parecia tão impossível. Fui pra Orlando e fui pra Nova Iorque. Talvez eu escreva separadamente sobre casa um dos lugares, ou talvez não (o que é mais provável, dado que escrevo pouco).

O que eu queria mesmo é falar que realizei o sonho, e que foi incrível e que depois disso, tantas outras coisas me parecem possíveis, é provável que nem sejam, mas que parecem, parecem.

IMG_2315

 

comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *