Keila Abeid | Muito Prazer

Sobre dirigir e cantar

Eu tenho carta há bastante tempo, pelo menos mais de dez anos, mas eu não dirijo. Ou pelo menos, não dirigia.

Sabe aquela coisa que você quer fazer, precisa fazer mas sempre deixa pra depois?
Eu sempre adiei tomar a direção do carro por um motivo: o medo.

E se eu errar? Será que eu vou acertar mudar a marcha? Será que vou sair com o carro sem deixar morrer? E se eu deixar morrer? 
O engraçado é que só tinha um jeito de responder essas perguntas, e era dirigindo. Mas fui deixando pra depois.

Esses últimos dias eu resolvi tirar isso da lista de metas não cumpridas e peguei o carro. Sozinha. Pra minha surpresa foi muito bom. Eu não tinha esquecido o que eu já tinha aprendido, dirigi sozinha pelas ruas calmas da minha vizinhança e estou pegando mais segurança. Devagar, todo dia um pouquinho, sentindo cada vez mais firmeza, e confesso a sensação é ótima! Estar realizando algo que eu queria e tinha medo de começar. 
Agora a pergunta que fica na minha cabeça é: por que eu não comecei antes? Porque perdi todo esse tempo? Pra mim está claro que parte foi porque eu realmente não estava preparada e o momento chegou, mas outra parte foi pelas inseguranças da minha cabeça, que só passariam se eu começasse.

Cantar pra algumas pessoas é como começar a dirigir. Da medo, a gente não começa por medo de errar, por medo de se expor, por medo de quebrar as regras, por medo de não estar bom. Mas depois que a gente começa, a pergunta é: por que eu não comecei antes?
Entendo que há o momento de cada um, tem que fazer sentido, a gente tem que querer, mas é importante a gente lembrar que não se deve deixar de cantar por medo ou insegurança, mas sim desenvolver nosso canto pela prática.

Se for o seu momento, quero te contar que estou abrindo a próxima turma de canto. Uma turma com vagas limitadas, pois esse é o meu programa de acompanhamento. Quero acompanhar a voz de cada aluno, entender os objetivos e inseguranças!

Então , quem se inscrever terá acesso imediato as aulas gravadas na plataforma. Mas o recheio do bolo serão nossos encontros! Duas vezes ao mês haverá aula pelo zoom comigo, ao vivo, onde responderei as perguntas, conduzirei os exercícios e cantaremos juntos, resolvendo todas as questões envolvidas. Nossa primeira aula será dia 17 de janeiro, e como são vagas limitadas, recomendo que se inscreva cedo!

Vai ser muito legal estarmos juntos! 

comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *