Keila Abeid | Muito Prazer

Como se organizar pra estudar música em casa

Bom, estamos ainda nos adaptando a esses dias de pandemia, e aos que tem a oportunidade de aproveitar o tempo pra estudar, ou desenvolver alguma habilidade, é importante ter em mente que organização é muito importante pra que o tempo investido não seja perdido.

Muita gente continua firme com as aulas online, e pela experiência que eu estou tendo, tenho observado o quão proveitoso tem sido o tempo de aula via internet. Por algum motivo curioso, muitos dos meus alunos tem rendido mais, e aproveitado muito bem cada minuto de aula. Não sei dizer ao certo se é pelo fato de estar mais a vontade em seu próprio ambiente, ou se pela preocupação de aproveitar o conteúdo estando longe do professor. De qualquer forma, além de constatar os benefícios, alguns ajustes técnicos são necessários pra que essas aulas e os seus momentos de estudos sejam plenamente aproveitados.

Leia mais

Como estou sobrevivendo quarentena

Tenho refletido muito esses dias.

Sobreviver a esse distanciamento social causa efeitos diferentes em cada um de nós. E é normal, cada um tem uma maneira de lidar com as crises. Mas pra mim, e acredito que pra mais algumas pessoas, o desafio é conviver com o nosso eu. Convivemos com nós mesmos, mas sempre com a interferência dos outros. Estamos sempre saindo, cumprindo eventos sociais ou de trabalho, dividindo momentos com a família ou amigos. E de repente nos vemos obrigados a convivermos exclusivamente com nosso eu.

Leia mais

A quarentena

Que tempos que vivemos! Definitivamente, ninguém estava contando com um 2020 assim. Tudo o que eu desejo é que todos estejam bem e sobrevivendo a esses dias da melhor forma!

Vou ser sincera com você, já tive algumas fases nesses primeiros dias:

Primeiro, tentei manter um humor otimista e trabalhei pra caramba, pra migrar meus alunos todos pro modo online, ajudar outros professores, assistir cursos, gravar vídeos, estudar e tudo o que eu tinha direito! Nem respirei.

Leia mais

Vozes brasileiras, afinação e pedagogia vocal

Muitas coisas ainda acontecendo já no início de 2020.
E estou me preparando pra começar em mais uma pós graduação! Dessa vez em Pedagogia Vocal! O estudo da voz cantada tem sido cada vez mais procurado e a especialização é muito importante quando trabalhamos com isso! Por isso você já pode imaginar que muitas novidades vem por aí que compartilharei com você e espero que tudo isso te ajude a cantar e estudar música cada vez mais!

Leia mais

Um tempo pra colocar a vida em ordem…

Esse começo de ano foi muito tranquilo, no quesito trabalhos, eventos e shows. Como todo mês de janeiro costuma ser pra quem vive de arte. Mas me programei pra que nesses dias eu pudesse ter o descanso merecido.

Tenho cuidado muito da ansiedade esse último ano que passou, e foi ela quem me fez ganhar bastante peso, nos últimos 3 anos.

Leia mais

Tem limite de idade pra começar a cantar?

Essa é uma pergunta bem frequente tanto nas redes como no conservatório. Geralmente ela vem vestida de : Ah, eu não tenho mais idade pra isso. Mas será que existe um limite de idade pra começar a aprender cantar?

Leia mais

Você sabe o que está cantando?

 

Olha só, muitas vezes nas aulas de percepção que dou lá no conservatório, aparecem estudantes de canto reclamando da dificuldade que é reconhecer algumas coisas em percepção.

Leia mais

Sobre estudos, realizações e Roma

Fim de férias.

Fiquei praticamente um mês distante da vida musical (ou quase isso). Estava viajando e foi minha primeira viagem pra Europa! Entre acertos e apertos, tive muitas experiências incríveis pra compartilhar e pra guardar na memória, mas a que vou contar aqui tem a ver com música e estudos.

Leia mais

Mozart in the Jungle

Eu adoro maratonar séries. Demais. Sempre que consigo tiro um tempo pra não fazer nada, nem tirar o pijama. Pelo menos uma vez a cada semestre preciso de um dia assim. Pois bem, gosto de ver filmes e séries, mas ando meio difícil de prender minha atenção, mas esses dias viciei em uma série que está no Amazon Prime chamada Mozart in the Jungle.

Pra começo de conversa, é estrelada pelo Gael Garcia que sou fã desde a novela Vovô e eu, que passava no SBT quando eu era criança, acho que ele foi um dos primeiros crushes da vida. Só isso já dá motivo pra grudar na tela. Mas a verdade é que a série fala muito da realidade da vida de músico, pois se passa em Nova York, mostrando a luta para manter a Orquestra Sinfonica ativa. A série ainda trata da disputa de ego entre músicos e maestros, da organização política por trás de todas as coisas e de como a gente passa por cima disso tudo por amor a música.

Estou na terceira temporada (comecei há um dia) mas os episódios são curtos e leves, com um pequeno toque de humor e drama.

Pra ser sincera, ver na telinha muito da rotina dos músicos me deu até vontade de estudar mais. É muito gostoso identificar em uma série um pouco da nossa realidade e rotina. Fica a minha dica pra vocês que querem dar uma pausa nos estudos.

Leia mais

Sobre Shows

Esse semestre foi cheio de shows e apresentações, tanto com o Beba Zanettini 6teto, como minhas, do Coral do Souza e dos meus alunos.

Estar me apresentando é essencial pra ter o sentimento de complitude. Falo muito pros meus alunos a importância das apresentações na nossa vida. Cada show, recital, sarau, bar, baile, é uma escola diferente e nos dá referencias e ferramentas para aplicarmos em nossa vida artística.

Lidar com as situações surpresas, técnicas, que as vezes fogem do programado, também é uma escola.

Estar a frente de diferentes públicos, em diferentes palcos vai nos ensinando muito sobre a nossa música e sobre nossa performance, e cada vez vai ficando mais mágico e viciante estar no palco. Mesmo quando ocorrem situações adversas.

Sempre aconselho e encorajo meus alunos a se apresentarem, muito por saber o quanto aprendemos, mas também por querer que cada um vivencia e mágica de estar no palco! É incrível.

E você, já se aprensentou? Qual a sensação que o palco te traz?

Leia mais